Itabunense é morto no Prado e familiares não tem interesse em buscar o corpo para sepulta-lo

Foi executado com três tiros que atingiram a cabeça, braço direito e ombro esquerdo a vítima Wellington Cláudio dos Santos. O crime aconteceu por volta das 18h30 de terça-feira (28) de junho, no interior de Prado em um assentamento conhecido como Projeto Cumuruxatiba.

No local a Polícia encontrou dois projéteis calibres 38 da arma usada no assassinato. Segundo informações da irmã da vítima, Wellington já esteve preso e estava desaparecido da região de Itabuna há mais de três anos.

De acordo com responsável pelo assentamento, Wellington foi contratado para trabalhar em seu sítio há aproximadamente 15 dias. O corpo de Wellington foi removido para o Instituto Médico Legal de Itamaraju pelo servidor Anderson Barbosa.

Segundo Polícia Militar, a família informou que não tem interesse em buscar o corpo para sepulta-lo. A Polícia vai instaurar um inquérito para investigar o crime e ainda não informou qual será a medida tomada para realizar o enterro da vítima diante da rejeição da família.

itabu

FONTE: sulbahianews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *