Facção tortura e executa suspeito de estuprar e matar enteada de 2 anos em Vila Canária

O suspeito de ter matado e estuprado a enteada de dois anos, no bairro de Vila Canária, foi torturado e morto na noite de segunda-feira (21) por uma facção criminosa, de acordo com o jornal Correio.

O ajudante de pedreiro Edson Neri Barbosa, de 27 anos, estava foragido desde o domingo (19), dia em que a menina morreu antes mesmo de dar entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para onde foi levada desacordada pela mãe.

 

Ainda de acordo com familiares da menina, na tarde desta segunda-feira (21), Jéssica Silva, 21, mãe de Ágatha Sophia, uma irmã e uma tia foram ouvidas pelo Departamento de Homicídio de Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro da Pituba.

Por: BAHIA NOTÍCIAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Informamos aos nossos internautas que o Foco Atual agora além de possuir suas matérias próprias, agora também somos Agregador de Links
+