Extremo Sul, o poder mudando de mãos!

O ano de 2021 se inicia com grandes surpresas para os moradores do extremo Sul, um cenário político completamente diferente do que a maioria das pessoas esperavam. Mudanças políticas em grande escala foram decididas no voto. A famosa família Oliveira foi a grande derrotada de 2020.

Na cidade de Eunápolis, o ex prefeito Robério Oliveira se deixou levar por assessores da velha política, se afastando e divergindo com diversas lideranças da cidade, a exemplo de: Ramos Filho, Ronaldo Carleto, e Neto Guerrieri. O ex gestor engendrou uma administração  com inúmeros impasses e sucumbiu à uma derrota esmagadora para o grupo político que desempenhou um trabalho portentoso para eleger a atual prefeita Cordélia Torres, esposa do velho conhecido político Paulo Ernesto Dapé, o qual lutou arduamente por 20 anos, por essa vitória.

Em Porto Seguro, a ex prefeita Claudia Oliveira cumpriu 08 anos de um governo, considerado por uma maioria como excelente, fraquejando apenas no valor excessivo cobrado na zona azul,  sendo notadamente o maior do País. Outro deslize considerável foi não ter preparado e apresentado um sucessor. Deveria ter virado espectadora na eleição de 2020, no entanto, mal assessorada, entrou em convergência com a família Pinto. União essa, que não fora suportada pela população, sendo derrotada por Jânio Natal, cujo, é considerado uma fênix, politicamente falando, um imortal.

Enquanto no município de Cabrália, o prefeito Agnelo Santos, de mansinho, calado, sem muita arruaça, se manteve, firme em suas decisões, fazendo uma  administração segura, se reelegendo com simplicidade. Mantendo um distanciamento  político proposital dos Oliveiras, não sofrendo com o afastamento do conjunto.

Por Foco Atual…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *