Dois são presos suspeitos de matar PM em Porto Seguro; polícia procura ao menos outros seis homens

Dois homens foram presos suspeitos de matar o cabo da Polícia Militar Clodoaldo Mendes Santos Júnior, na cidade de Porto Seguro, na noite de domingo (13). Nesta terça-feira (15), a PM informou que faz uma operação para tentar localizar os suspeitos. Ao menos outros seis suspeitos estão envolvidos no crime.

O corpo do militar foi levado para a cidade de Ilhéus na segunda-feira (14), onde foi velado durante a noite. Ele foi enterrado na manhã desta terça, sob forte comoção.

Os dois suspeitos presos foram baleados pelo próprio cabo Clodoaldo. O ataque aconteceu enquanto o PM chegava em casa no bairro Vila Parracho. A dupla foi baleada e levada para o Hospital Deputado Luís Eduardo Magalhães.

Na unidade, os dois homens foram reconhecidos pela esposa do PM. Depois de passar por atendimento, um deles foi levado para a delegacia da cidade. O outro, segue internado no hospital, sob custódia.

Nesta terça, a operação para encontrar os outros seis suspeitos está sendo feita entre as cidades de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália. Eles foram identificados pelo serviço de inteligência da PM. O Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer) também participa da operação.

Segundo a PM, a principal suspeita é de que o crime foi uma retaliação por causa de operações policiais recentes na cidade, que resultaram na apreensão de várias armas. Já a Polícia Civil ainda não detalhou a motivação para o assassinato do cabo Clodoaldo.

O militar era lotado no 8º Batalhão da Polícia Militar de Porto Seguro, mas atuava na cidade de Santa Cruz Cabrália, vizinha a Porto Seguro. O batalhão lamentou a morte do cabo e informou que vai contribuir com as investigações da Polícia Civil.

Por: G1 BA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *