Cordélia Torres desabafa sobre situação atual de Eunápolis

Cordélia Torres desabafa  sobre as dificuldades encontradas na  segunda semana de gestão. Alega inúmeras demandas, tais como  pagamentos dos servidores seletivados e concursados , exceto professores ,  coleta de lixo insuficientes e  Hospital Regional de Eunápolis.

Exalta sua indignação com a falta de  compromisso do pagamento dos funcionários do município de Eunápolis que  o ex gestor Robério Oliveira  prejudicou tantas  famílias durante as festas de final de ano . Solicita ao Robério Oliveira que vá ao Ministério Publico e esclareça os fatos.

Ainda esclarece que  pagou os agentes de saúde, os garis e pagará os vigilantes em breve. Afirma que seu mandato será com total transparência, como o povo tanto precisa. Mencionou que o seu primeiro ato político foi  sua ida ao HRE, além de  solicitar a  coleta de lixo , visando a não propagação de   doenças. Mostra -se solidária ao triste evento ocorrido no último domingo , no qual um recém nascido faleceu por falta de equipamento disponível : fototerapia –  luz ultravioleta . Procedimento comum ao qual recém nascidos são submetidos se ictéricos. É sabido que Eunápolis , bem como Porto Seguro , não dispõe de UTI Neonatal .

A atual prefeita questiona a gestão passada  sobre as medidas tomadas frente ao  combate a temível pandemia do Coronavírus. Informa que o município dispunha de , aproximadamente , 12 milhões de reais mas pouco foi empregado .  Muitas pessoas ficaram sem realizar teste para diagnóstico da doença e foram obrigadas a desembolsar em laboratórios particulares para posterior início de tratamento e isolamento social.

A prefeita Cordélia Torres exibiu documento oficial sobre a precária situação financeira e mostrou temência a Deus . Deseja deixar um bom legado para esta cidade e afirma que sua gestão será compartilhada com o povo.

Clama por ajuda de todos os munícipes de Eunápolis para que , juntos , possam zelar pela cidade e constata que o tempo de mentira acabou : ” Nossa gestão será de transparência “.

Cordélia citou muitos números estatísticos porém de pouca valia para elucidar os problemas atuais da cidade . A prefeita acusa o ex gestor Robério Oliveira de pedir a empresa Veracel o adiantamento dos recursos do ISS do mês de Janeiro 2021 mediante a realização de uma transação bancária PIX sem propósito conhecido.

.Até os dias atuais , pouco vimos sobre os planos de governo da atual prefeita  , principalmente , em relação ao HRE , que tanto necessita . A transição de governo foi eficaz ??? Quantas pessoas ainda precisam morrer para que providências  sejam tomadas ? Será que há tempo para medidas futuras e não imediatas ? E a tão sonhada UTI Neonatal ? Funcionários não vêem movimentação nos corredores e estão aguardando mudanças para melhoria do hospital.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *