SERVIDORA PÚBLICA É MORTA A TIROS EM EUNÁPOLIS

Em Eunápolis na noite desta terça-feira 18 de janeiro por volta das 21:40 horas, a funcionária pública Islândia Rodrigues Melo de 38 anos, mais conhecida como Deide, foi assassinada a tiros no Conjunto Habitacional Paquetá, que fica localizado na zona norte da cidade.

O crime com a servidora nomeada do município aconteceu na Rua B do conjunto habitacional. Segundo as informações colhidas, dois indivíduos se aproximaram da vítima e efetuaram vários disparos de arma de fogo na vítima que ainda foi socorrida, mas não teve jeito e veio a óbito.

Deide foi atingida por seis (6) tiros. A vítima ainda chegou a ser socorrida em um carro particular para o Hospital Regional, mas já chegou na unidade de saúde sem vida.

Ainda no local do crime os moradores ficaram todos assustados com a grande quantidade de tiros que foram deflagrados na vítima.

Deide morava no bairro Paquetá e foi candidata a vereadora pelo DEM na última eleição que aconteceu em 2020, onde obteve 23 votos nas urnas.

A servidora chegou a ser presa em 2012 em uma operação da polícia civil que desmontou um laboratório que produzia crack no bairro Juca Rosa, na época os policiais apreenderam 30 quilos de maconha, cinco quilos de crack e um quilo de cocaína, além de balanças de precisão e um revólver. Ao final do processo ela foi absolvida das acusações ou seja inocentada e colocada em liberdade. Deide era companheira de Rubens Lourenço dos Santos, mais conhecido como (Binho Zoião) que segundo informações eram os donos do laboratório.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.