Polícia apura se jovem morto participou de assassinato de irmãs

A Polícia Civil de Itabela apura se um jovem de 21 anos executado com vários tiros na cidade teria envolvimento no assassinato de duas irmãs que estavam desaparecidas.

Crime aconteceu numa plantação de café

De acordo com o delegado Robson Andrade, Geisiel da Rocha Lima teria participado da morte das irmãs Jaciele Olinda dos Santos e Natiele Almeida de Oliveira, mas se arrependeu e contou para a família das vítimas onde os corpos foram deixados. Os comparsas, então, teriam ficado irritados e o mataram.

Delegado apura se assassinato de jovem tem relação com a morte das irmãs (Foto: Reprodução/ TV Santa Cruz)

“Ele [Geisiel] teria participado, porém se arrependeu e avisou aos familiares onde os corpos teriam sido encontrados”, disse o delegado. Geisiel foi morto na tarde de domingo (02). A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar os dois crimes e disse que quatro pessoas já foram ouvidas, entre elas a mãe das adolescentes mortas, Janete Almeida.

A mãe só prestou queixa na delegacia após os corpos serem encontrados, três dias depois das meninas saírem de casa para fazer uma matrícula numa escola, na quinta-feira.

“Não registrei porque a minha filha [Natiele] já tinha costume de sair e ficar oito dias fora. O que fez eu ir à procura foi que a minha filha adotiva não tinha esse costume. Mas a outra já tinha o costume de ficar uma semana sem dar notícia. Então, eu fiquei achando que ela iria aparecer “, disse Janete. Segundo o delegado, nenhuma das irmãs tinha passagem pela polícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *