O CORPO DA CABELEIREIRA DESAPARECIDO É ENCONTRADO EM COVAS RASAS

Nesta quarta-feira 18 de janeiro, a polícia informou que o corpo encontrado no local que serviu de cativeiro para abrigar Renata Juliene Belchior, 52, e Gabriela Belchior de Oliveira, 25, respectivamente sogra e cunhada da cabeleireira Elizamar da Silva está sem cabeça. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF), o cadáver desmembrado é do sexo masculino e, aparentemente, foi degolado.

Ainda segundo a polícia, pela condição do corpo a vítima deve ter sido assassinada entre 4 e 10 dias. Os restos mortais foram achados no fim da tarde desta quarta por cães farejadores. O endereço fica numa residência do Vale do Sol, entre o Vale do Amanhecer e o Araponga, em Planaltina. Ainda não se sabe de quem seria o corpo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.