Mulher que foi espancada brutalmente pelo ex-marido morre em Itamaraju

Itamaraju – Veio a óbito nesta segunda-feira (22), Aparecida Teles de Almeida, mais conhecida como ”Cida”.

Cida teve traumatismo craniano causado pelo violento espancamento causado pelo seu ex-marido, além do trauma craniano ela ficou com vários ferimentos.

O fato ocorreu no dia 17, de janeiro, causado por Valdeir de Souza, que está preso.

Segundo informações da polícia já havia sido expedido pela justiça uma medida cautelar que proibia o ex-marido à chegar próximo da vítima “Cida”, essa medida cautelar foi expedida pelo fato do agressor já ter cometido o mesmo ato em outras ocasiões.

Infelizmente a medida cautelar que deveria proteger Aparecida não foi suficiente para livra e salvar a mesa das agressões.

Foto: Texeira News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *