Mais uma greve dos caminhoneiros está por vir?

Prevista para o início de fevereiro (01/02), a nova greve pode ser mais duradora que a última greve, em 2018. Os trabalhistas marcaram uma nova reunião, com o propósito de conseguir apoio e definir as pautas da nova greve nacional que vem sendo planejada.

A aquiescência a greve só aumenta e, conforme o presidente da associação nacional do transporte autônomos do Brasil, José Roberto, tem chances de ser maior ainda do que a realizada em 2018, pois o desgosto da categoria é crescente, precipuamente em relação ao preço do diesel e às promessas que não foram cumpridas na greve, durante o governo de Temer.

Segundo o site Uol, a reunião online na noite desta quarta-feira, 13, com cerca de 50 lideranças dos caminhoneiros, foi discutida uma pauta que vai desde manifestações contra o projeto BR do Mar (que incentiva a navegação pela costa brasileira) ao piso mínimo do frete e reclamações contra a política de preços de combustíveis.

As últimas tentativas de greve da categoria não vingaram por rachas entre as diversas entidades representativas no País. O governo federal aposta justamente nessa divisão para tentar desmobilizar a greve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *