MADURO FAZ SUGESTÃO POLÊMICA PRA LULA, E PODE MUNICIAR BOLSONARISTAS

Nesta última quinta-feira 12 de janeiro, o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, revelou que teve em uma conversa com o presidente Lula (PT) para a criação de um bloco político com a Rússia e a China. A declaração foi dada em discurso anual na Assembleia Nacional.

Maduro disse ainda que também tratou do assunto com outras lideranças de esquerda da América Latina, como os presidentes da Colômbia, Gustavo Petro, e da Argentina, Alberto Fernández.

Eu estava conversando sobre isso com o Lula no telefone outro dia, pessoalmente com o presidente Gustavo Petro, estava conversando sobre isso com o presidente da Argentina, Alberto Fernández. Uma nova hora está chegando, uma hora especial para unir esforços e caminhos da América Latina e do Caribe para avançar na formação de um poderoso bloco de forças políticas, de poder econômico que fala ao mundo“, disse Maduro.

Ainda de acordo com o ditador venezuelano, a criação do novo bloco tem como objetivo construir “novos polos de poder” em aliança com a China e a Rússia.

“Essa comunidade de destino compartilhado de que fala nosso irmão mais velho, o presidente Xi Jinping. A humanidade como uma comunidade de destino compartilhado. Ou daquele mundo multipolar e multicêntrico de que fala nosso irmão mais velho, o presidente Vladimir Putin”, declarou Maduro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.