Investigações do caso de Silvia Letícia foram concluídas

As investigações abertas para desvendar o mistério da morte da mãe e dona de casa Silvia Letícia Araújo Queiroz, de 26 anos, e o sequestro de seu filho de 2 meses que foi encontrado com vida na mesma semana, foram conclusos. A moça foi assassinada na quinta-feira 02/01/2020, mas só foi encontrada no sábado 04/01/2020, o bebê foi levado e poucos dias depois encontrado pela polícia civil. 

A conclusão do inquérito foi feita após investigações apontarem sua amiga Helainne Alves Vieira, que teve como principal motivação roubar o bebê da amiga, ela já havia premeditado o crime e chegou a enganar o próprio companheiro dizendo que estava grávida, a acusada teria passado meses fora e mantinha contato com o companheiro, então retornou para Eunápolis e matou a amiga, sequestrou a criança para apresentar ao seu companheiro. 

A polícia teve acesso a informações que a acusada confidenciou a pessoas de sua confiança através de um aplicativo de celular, Helainne fugiu após ver que o caso teve repercussão na região, o companheiro dela devolveu o bebê para polícia. O inquérito foi concluído com a acusada sendo indiciada, foi solicitada a prisão preventiva da acusada.

 

 

Por: Laísa Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *