Hospital Regional de Eunápolis moderniza suas instalações, promovendo bem estar a quem precisa da unidade.

EUNÁPOLIS –

O prefeito Robério Oliveira , e o seu secretário de saúde Rodrigo Kuada, visando à melhoria do atendimento na unidade hospitalar do município [O hospital Regional] implantaram aparelhos de ar condicionado na sala de triagem e na recepção do hospital. Entende-se que o nosso hospital atende além dos nossos munícipes, também pacientes de várias cidades da costa do descobrimento, em razão disto por muitas vezes o hospital está sobrecarregado de pacientes, no entanto o que o munícipe deve se conscientizar é que o nosso hospital atende cerca de vinte mil pessoas por mês, um numero muito superior se fôssemos contar apenas com os pacientes de Eunápolis.

O secretário de saúde Rodrigo Kuada, tem dado uma atenção especial ao Hospital Regional, é algumas mudanças na estética e atendimento humanitário já tem sido notado.

Os aparelhos de ar condicionado irão promover uma melhor estadia para as pacientes que aguardam atendimento, e também para os acompanhantes. Com um verão atingindo temperaturas de até 39º, estava insustentável a espera em uma sala pouco arejada, pensando nisso, a prefeitura instalou os aparelhos para refrigerar o ambiente.
Outro ponto a ser destacado é acerca da estrutura interna do hospital, muito é noticiado que os sanitários da unidade estão “quebrados” ou impróprios para uso, contudo, basta uma pequena observação para tomar nota de que a própria população (em um pequeno numero) de maneira desordenada acaba fazendo mau uso dos banheiros, que por sua vez acabam entupindo, fazendo com que o mau cheiro se propague e que a prefeitura precise deslocar encanadores para estar fazendo o reparo.

Existe muitos campos para melhora ainda dentro da unidade, mas verificar imparcialmente o que ocorre na unidade nos fará ter empatia de que estamos muito a frente de várias cidades que nem se quer podem ofertar o mínimo, contudo o hospital regional tem se esforçado para atender e acolher os nossos pacientes de maneira humanizada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *