Família recebe corpo trocado no Velório, em Eunápolis.

Nesta terça-feira (06/04), na cidade de Eunápolis, houve um grande transtorno, devido a uma negligência do Hospital Regional, com uma família do Projeto Embaúba.
Durante a madrugada, um idoso de 82 anos foi a óbito na unidade de saúde por insuficiência respiratória aguda, pneumonia viral, como foi constatado na certidão de óbito. A família do idoso, foi informada e tomou as providências para a realização do velório.

A família esperava pelo corpo do idoso, em sua residência, no Projeto Embaúba, Zona Rural, mas, ao abrir o caixão, ficaram assustados ao encontrar o corpo de outra pessoa. Os familiares se enfureceram com tal situação, então, retornaram ao Hospital Regional, e acabaram se deparando com o idoso exatamente no mesmo local onde estava internado.

Um genro da vítima, identificado por Edenilson Souza, de 51 anos, expressou que ficou abismado quando a direção do hospital chegou a informar que o idoso estava com suspeita de morte, causada pela Covid-19, o estranho foi que não houve nenhum exame feito no paciente, que já estava com a certidão de óbito emitida com a causa da morte: insuficiência respiratória aguda, pneumonia viral.

O genro, declara que quando a família recebeu a notícia sobre o óbito, a direção do hospital não permitiu que fosse feito o reconhecimento do corpo.

A enorme desorganização na saúde pública de Eunápolis, principalmente no Hospital Regional, é desesperadora, e está afetando diretamente os eunapolitanos, causando inúmeros transtornos, e infelizmente a gestão pública municipal não toma nenhuma atitude para combater os desmandos que vêm acontecendo dia após dia.

Fonte: via41

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *