Donos de estabelecimentos fazem manifestação contra o toque de recolher e a proibição de bebidas alcoólicas.

Na tarde de quinta-feira (29/04), houve uma manifestação feita por donos de bares e restaurantes na cidade de Eunápolis, a manifestação ocorreu em frente a secretaria municipal de saúde, o motivo foi contra o toque de recolher e a proibição de bebidas alcoólicas nos finais de semana.

Os participantes comunicaram que no último final de semana, foram surpreendidos com os fiscais da prefeitura que de forma arrogante, bloquearam seus estabelecimentos, que estavam em funcionamento.

“Devido a pandemia já tivemos que demitir cerca 50% dos nossos funcionários, boletos atrasados e grandes prejuízos estamos tendo por conta dessa situação”, enunciou uma empresária.

Na manifestação, foram expostos cartazes com as frases: Queremos trabalhar; Todo Trabalho é Essencial; Precisamos Trabalhar; São mais de 400 Pessoas Desempregadas; Decreto da Fome.

Os integrantes formaram um comitê, que se reuniu com secretários municipais e representantes da procuradoria jurídica do município, onde discutiram sobre as medidas dos decretos (Estadual e Municipal), que restringem a venda de bebidas alcoólicas durante o fim de semana e delimitam o horário de funcionamento dos estabelecimentos, porém, ainda não tem resultado, sendo marcado um novo encontro para a próxima segunda-feira (03/05).

No primeiro encontro, teve a presença do secretário de Governo, Osvaldo Soares; a secretária de Saúde, Anara Sartório; o vereador, Arthur Dapé; o Major da Polícia Militar, Wagner Gonçalves Ribeiro; o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Eunápolis (CDL), Fabrício Ramos; e os representantes da Procuradoria Jurídica, Frank Fernandes e Luiz Ribas.

fonte: via41.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *