DEMOCRACIA X COVID 19

As fatídicas eleições municipais, em novembro de 2020, foram de encontro a medida de isolamento social que sabidamente, é a principal ação de combate a Pandemia Covid 19.  Aos poderosos chefões do país faltou coragem e/ou interesse em postergar as eleições para que ocorressem em 2022.  Assim sendo, unificar as eleições na esfera municipal, estadual e federal, mesmo diante de momento ímpar em âmbito mundial, desagradou aos políticos de maior escalão. A população foi para a rua defender o seu candidato e, neste momento, pouco foi feito para evitar aglomerações. Era a turma do “deixa disso” sendo engolida pela turma do “vamos pedir voto” . Resultado: Aumento estrondoso na taxa de transmissão da doença e, consequentemente, pico do número de casos no mês de fevereiro.
Em Fevereiro? É Carnaval! Apesar de proibida pelas autoridades estaduais, a tão esperada festa popular, arrastou milhões de foliões as praias e festas particulares por todo o país.
Culpa de quem ? Culpa de quem participou, democraticamente, e exerceu o seu direito ao voto? Ou culpa de quem botou fogo no parquinho incentivando a população a participar de carreatas, passeatas, giros e aglomerações ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *