Corpo do cantor da banda Chicana é enterrado sob forte comoção na Bahia: ‘Ficha não caiu’, diz irmão

O corpo do cantor da banda baiana Chicana, Tarcísio Freitas de Oliveira, que morreu aos 36 anos no sábado (19), foi enterrado sob forte comoção em Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador, no domingo (20).

  • Dias antes de acidente, cantor criticou falta de educação de motoristas em vídeo: ‘Pior trânsito do mundo’

Amigos e parentes foram se despedir de Tay e falaram sobre a relação do cantor com a música baiana.

“Muito triste. Ele estava no auge da sua carreira, um artista brilhante. A gente fica sem palavras. Na verdade, a ficha não caiu ainda. Só Deus para nos confortar nessa hora terrível”, disse Edilson Freitas, irmão do cantor.

Músico, amigo do artista e colega de banda, o tecladista da Chicana, Thiago Carvalho, falou sobre os projetos do cantor, que estavam em andamento.

“Ele tinha projetos novos, estava produzindo uma música agora. Já tinha mandado para mim a letra e a melodia, e eu estava arranjando. A gente ia entrar em estúdio na próxima semana e tudo se perdeu. Agora a gente está sem saber o que fazer. Não tem mais a voz dele, não tem mais ele, então não tem o que fazer mais. A gente está aqui orando, dando força à família, a todo mundo. Todos da banda estão aqui também, dando a maior força, e infelizmente perdemos um grande amigo, um ícone da música feirense. Todo mundo está desolado”, disse.

No momento do acidente, Tay voltava da cidade de Candeal, que fica a cerca de 60 km de Feira de Santana, onde o artista morava. O cantor tinha se apresentado em uma live no município e retornava para casa quando o acidente aconteceu, por volta das 17h.

Segundo a família, Tay tentou desviar de um carro que fazia uma ultrapassagem e o veículo que ele dirigia acabou capotando e saindo da pista. Ele viajava sozinho e morreu no local do acidente. Não há informações sobre o condutor do veículo que teria feito a ultrapassagem.

Momentos antes do acidente, o cantor Tay postou uma selfie nas redes sociais com a legenda “Vou ali e volto já”. Em seguida, ele postou outra foto dele com parte da letra da música “O que é, o que é”, de Gonzaguinha. O trecho usado pelo cantor diz: “E a vida, e a vida o que é, diga lá meu irmão”. Depois, o artista ainda chegou a postar um vídeo em que mostra a estrada, durante a viagem de volta para casa, e no qual ele deseja bom final de semana aos seguidores.

No instagram oficial da banda, a produção postou um símbolo em sinal de luto. De acordo com a família, Tay cantava desde os 17 anos, e há cerca de 18 estava à frente da Chicana, cantando axé.

Por: G1 Ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *