Conta da luz muito alta: o que pode ser e como resolver

Uma conta da luz muito alta pode ser sinônimo de que algum aparelho de sua casa está a consumir mais do que você imagina. Ou, então, a leitura do seu contador não foi feita corretamente. Pode também acontecer que esteja a consumir demasiada eletricidade e, nesse caso, deixamos-lhe 13 excelentes dicas para começar, desde já, a reduzir no consumo de luz, poupando dinheiro e, também, o ambiente.

CONTA DA LUZ MUITO ALTA, O QUE PODE SER?


  • Tem algum aparelho de sua casa a consumir mais do que imagina. Se comprou recentemente algum eletrodoméstico, verifique se esse consumo excessivo não pode estar relacionado com esse aparelho.
  • A leitura do seu contador não foi feita corretamente, tem por base uma estimativa acima da média ou, então, a sua fatura pode incluir acertos, respeitantes a faturas antigas em que pagou menos do que realmente consumiu.
  • Consome demasiada eletricidade. Pense se costuma ter muitas luzes acesas ou vários aparelhos ligados, em simultâneo. Não se esqueça que os equipamentos em stand-by também consomem.
  • Avalie se a potência de luz contratada é, efetivamente, aquela que necessita. Quanto mais baixa for a potência, menos pagará.
  • Tenha em atenção os seus eletrodomésticos antigos, cuja eficiência energética não é tão elevada quanto a dos equipamentos modernos.
  • Dê uma olhadela nas borrachas do seu frigorífico. É fundamental que elas estejam em perfeitas condições para cumprirem a sua função e garantirem que não há perdas de luz/energia.
  • Lembre-se que não é só o ar condicionado que consome luz. Qualquer aparelho de aquecimento despende energia, mesmo aquelas termo ventiladores bem pequeninos. Modere, por isso, a sua utilização.
  • Ter todos os serviços energéticos de casa por eletricidade.

O QUE DEVE FAZER?

São várias as causas possíveis para uma conta da luz muito alta. Pode haver um erro na contagem; a estimativa feita pela empresa pode estar acima do normal; ou pode ter algum aparelho em sua casa a consumir energia, sem você sequer dar conta. Seja qual for a razão, há truques que podem ajudar a reduzir a fatura e, por isso, reunimos 13 medidas para começar já hoje a pôr em prática.

conta da luz muito alta

COMO REDUZIR A FATURA DA LUZ EM 13 PASSOS

  1. Verifique qual a melhor tarifa para si, dentro de cada operador. Tenha em atenção o que se adequa à sua família e ajuste a potência elétrica de sua casa de acordo com as suas necessidades.
  2. Compre eletrodomésticos da classe A, pois são os que têm maior eficiência energética. Por exemplo, trocar o seu velho frigorífico por um mais eficiente, pode fazê-lo poupar até 35€ por ano na fatura da luz.
  3. Substitua as lâmpadas incandescentes por lâmpadas fluorescentes de alta eficiência. Estas consomem apenas 1/4 de energia para produzir a mesma intensidade luminosa, além de durarem muitos mais anos. Num uso diário de 4horas por dia, com estas lâmpadas pode obter uma poupança de 55€ ao fim de quatro anos.
  4. Não deixe os aparelhos eletrónicos em stand-by. Estima-se que o consumo anual médio por parte de aparelhos em stand-by seja de 377 kWh/ano, o que corresponde a uma despesa superior a 40 euros.
  5. Desligue as luzes quando estas não são necessárias. Sim, parece óbvio, mas é algo que nem toda a gente faz. Sempre que possível, tire partido da luz natural.
  6. Use iluminação orientada. Opte por candeeiros com luz dirigida para o que está a fazer e evite ter toda a divisão iluminada se só estiver a precisar de um pequeno ponto de luz.
  7. Evite o uso do ar-condicionado. De acordo com a temperatura, ligue uma ventoinha ou tape-se com agasalhos e mantas. O ar-condicionado gasta muita eletricidade.
  8. Mantenha o frigorífico (bem) fechado. É um dos maiores consumidores de eletricidade, por isso tenha sempre o termómetro ajustado na temperatura indicada e tire tudo o que precisar do frigorífico de uma só vez.
  9. Reduza o uso do microondas. Para descongelar, opte por retirar os alimentos com algumas horas de antecedência.
  10. Lave a roupa a 40º, em vez de 60º. Esta pequena redução representa uma poupança de 55% de energia.
  11. Selecione o programa mais económico da máquina de lavar a loiça. Os programas mais intensos demoram quase o dobro do tempo, gastando mais eletricidade e mais água, muitas vezes desnecessariamente.
  12. Desligue o forno, 10 minutos antes do final da cozedura. Durante esse tempo a comida acabará de cozinhar e você poupará eletricidade.
  13. No verão, seque a roupa ao sol e ao vento, substituindo a máquina de secar por este recurso natural. A poupança monetária e de recursos é óbvia, não é?

Receber uma conta da luz muito alta é motivo mais que suficiente para tirar o sono e o sorriso dá cara por uns dias. Mas, tenha calma, erga a cabeça e comece a pôr em prática medidas muito simples e que podem ser decisivas na hora de baixar os valores da fatura da luz. Pronto para começar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Informamos aos nossos internautas que o Foco Atual agora além de possuir suas matérias próprias, agora também somos Agregador de Links
+