Candidata a vereadora fez campanha com número errado e perde o próprio voto

Vereadora divulga número errado
Foto: Júnior Freitas / G1

Entre os casos inusitados do primeiro turno das eleições municipais 2016 está o da candidata a vereadora Edilamar Quintão, na cidade de Guajará-Mirim, em Rondônia. Só na hora de registrar seu voto na urna, a candidata descobriu que fez campanha com o número errado, 19.159, durante 45 dias. “Quando digitei apareceu candidato inexistente, então chamei o presidente da seção para ver o que estava acontecendo. Ele conferiu o número e disse que era 19.789. Fiquei frustrada e estou muito decepcionada com isso”, relatou a candidata, em entrevista ao G1 Rondônia. O chefe do cartório da 1ª Zona Eleitoral do município, Diogo Anderson Lopes, afirmou ao portal que a candidatura de Edilamar foi registrada com o número correto e assinatura da candidata, assim como consta no documento de registro. No entanto, os “santinhos” distribuídos na campanha da postulante estavam com o número errado. “Ela já compareceu aqui no cartório eleitoral para tratar do caso. Pode ter havido algum erro na gráfica ou da própria coligação. No nosso sistema, o número certo é 19789, mas ela fez toda a campanha com o número 19.159”, afirmou Lopes. Como o número divulgado não existe, quem tentou votar em Edilamara acabou anulando o voto. O servidor ressaltou ainda que a Justiça Eleitoral “nada tem a ver com o erro, pois tudo foi feito de acordo com as normas”. Edilamara já registrou um boletim de ocorrência na Delegacia Regional de Polícia Civil e disse que vai se orientar com um advogado. “Estou me sentindo muito prejudicada, pois agora não dá mais tempo para nada. Vou ser a piada da cidade e com certeza minha candidatura foi por água abaixo”, admitiu.

 

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *