Aumento na apreensão de drogas.

Confiscação de ecstasy registrou uma quantidade 19.000 vezes maior em relação a 2019. A droga é normalmente utilizada por jovens em festas.

A PRF na Bahia apreendeu mais de 13 toneladas de drogas em 2020, que provocaram prejuízos de milhões de reais ao narcotráfico, principalmente de cocaína por ser uma droga de alto valor no mercado.
Os números mostrados entre janeiro e dezembro de 2020, registram um aumento de 46% no volume de cocaína apreendido (1,9 toneladas), quando comparado ao mesmo período de 2019 (1,3 toneladas). A maioria foi de pasta base ou cloridrato de cocaína, que pelo grau de pureza, tem um valor mais alto no varejo, e pode ser convertida em pó, para aumentar o lucro para os traficantes.

Sobre a maconha, a PRF BA retirou de circulação 11,2 toneladas no ano passado. A maior apreensão foi registrada em 26 de julho, em trecho de Feira de Santana (BA). Na carroceria de um caminhão, escondidos em meio a carga de farinha de trigo, foram encontrados por volta de 5.805 Kg de droga.

As ações também resultaram na erradicação de um cultivo ilícito de maconha. Foram encontrados 1,5 mil pés da erva em uma roça da zona rural de Belmonte, no extremo sul baiano. Com a erradicação, centenas de quilos da droga deixaram de ser produzidas para comercialização.

Destaque também para a apreensão de 19.727 comprimidos de ecstasy. Os números apresentam uma quantidade 19.000 vezes maior quando comparado a 2019. Em uma única ocorrência (BR 116 – Vitória da Conquista), registrada no dia  22 de dezembro, uma equipe da PRF localizou dentro de um ônibus de passageiros uma bolsa com 14.000 comprimidos da droga.

Em 2020, as ocorrências mais registradas na Bahia aconteceram em trechos da BR 116 (Feira de Santana, Jequié e Vitória da Conquista); BR 324 (Simões Filho); BR 242 (Barreiras e Seabra); BR 407 (Senhor do Bonfim).

As prisões sobre o tráfico de drogas  cresceram 165%, passando de 94 detidos em 2019 para 250, em 2020. No ano passado, foram registradas pela PRF BA 191 ocorrências relacionadas a crime de tráfico de drogas e 250 pessoas foram detidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *