Anvisa sugere a suspensão imediata do uso da vacina astrezeneca em gestantes.

Na segunda-feira (10/05) a Anvisa publicou, uma Nota Técnica recomendando que seja suspensa, rapidamente, a vacinação de gestantes com o imunizante contra a Covid-19 da Astrazeneca, desenvolvido em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz).

De acordo com a publicação, no site do Ministério da Saúde, a entidade orienta que a indicação da bula da vacina seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). A bula atual não recomenda o uso em gestantes sem autorização médica, segundo aponta o comunicado da entidade:

“O uso off-label de vacinas, ou seja, em situações não previstas na bula, só deve ser feito mediante avaliação individual por um profissional de saúde que considere os riscos e benefícios da vacina para a paciente. A bula atual da vacina contra Covid da AstraZeneca não recomenda o uso da vacina por gestantes sem orientação médica”.

Segundo a Agência, a orientação é fruto do monitoramento de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas contra a Covid-19 que estão sendo utilizadas no Brasil. Contudo, a Anvisa não declarou se foi observado algum evento adverso em alguma gestante após aplicação da vacina.

Por conta da recomendação da Anvisa, no momento, apenas a vacina da Pfizer e a Coronavac podem ser administradas em grávidas.

fonte: ictq.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *