SEIS POR MEIA DUZIA

O ano renova-se e a gestão, não.
O governo de Cordélia Torres não realizou ações produtivas e modificadoras na cidade de Eunápolis no ano de 2021. Conversa paralela entre os servidores públicos , nos quatros cantos do município, é que a prefeita é rodeada por muitos secretários incompetentes, juntamente com outros servidores do alto escalão da gestão, dificultando e atrapalhando o desenvolvimento da prefeita.
Funcionários públicos vivenciam que o secretário de Gestão, o senhor Arnaldo Viana, mais conhecido como Mata Rindo, por sua vez, superou o antigo secretário de Administração Luiz Octávio, no quesito arrogância e falta de empatia.

Notavelmente é conhecido por perseguir os servidores incansavelmente, tirando todos os seus benefícios e direitos com a sua rígida administração, apesar de qualquer benfeitoria para o município. Este padrão de comportamento imperativo e de pouco diálogo foi o grande pilar da massacrante derrota nas urnas do gestor passado Roberio Oliveira.
A postura do secretário e coronel da Gestão, o faz acreditar que é uma divindade superpoderosa e destemida sentado em sua cadeira, ditando as regras de toda a gestão, até mesmo passando por cima das leis com suas ameaças aos servidores de todas as áreas da prefeitura.
A população eunapolitana, questiona a prefeita quem realmente cuida e ordena tais atitudes contra os servidores públicos ? Por que esse secretário, que é arbitrário, vem acabando com sua gestão segundo os funcionários públicos que tem amor ao que faz e os munícipes dessa cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.