POLÍCIA CIVIL CUMPRE MANDADOS DE PRISÃO EM EUNÁPOLIS PELA OPERAÇÃO UNUM CORPUS

Na manhã desta quarta-feira 30 de novembro, a polícia civil de Eunápolis, no curso da Operação Unum Corpus, coordenada pelo DEPIN, cumpriram o Mandado de Prisão Preventiva de dois homens, presos no Conjunto Penal de Eunápolis e de Teixeira de Freitas, respectivamente de 22 e 29 anos, indiciados como autores de homicídio Eduardo Pereira de Brito, ocorrido no dia 14/09/2020, durante “ataques” praticados por uma facção criminosa no Bairro Juca Rosa.

Eduardo já tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas.

Na época, os ataques a tiros tiveram início em retaliação ao homicídio de Rian Andrade Pereira, ocorrido no dia 09/09/2020, no bairro Itapuã. Foram cinco homicídios no município, em um intervalo de quatro dias; além de toque de recolher, com áudios circulando em redes sociais na cidade.

A Polícia Civil informou a nossa redação que elementos indiciados reunidos nas investigações demonstraram, que o “ataque” em um bar do bairro Juca Rosa, que resultou no homicídio de Eduardo Pereira de Brito, ocorrido na sequência, no entanto, foi praticado em retaliação à surra que um preso conhecido como “PERNOCA” ou “MAQUINISTA” levou no presídio de Serrinha/BA, ao tentar matar o líder da facção rival, ambos presos na mesma unidade prisional por estarem submetidos ao RDD – Regime Disciplinar Diferenciado.

As investigações avançam, e outros indivíduos que participaram dos referidos ataques devem ser alcançados no curso dos Inquéritos Policiais correspondentes.

As prisões foram decretadas pelo Juiz Titular da Vara do Júri da Comarca de Eunápolis/BA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.