GOVERNADOR RUI COSTA CRÍTICA DECISÃO DE DESOBRIGAR O USO DE MÁSCARAS EM PORTO SEGURO

Rui Costa, governador da Bahia (PT), na manhã dessa quarta feira 3 de novembro, rebateu em entrevista à imprensa a decisão da prefeitura municipal de Porto Seguro que desobrigou o uso de máscaras na cidade em locais abertos.

“ O governador disse que cada gestor tem que ter responsabilidade sobre suas escolhas e decisões. Há mais de 45 dias que não cai o número de contaminados.  Cada um tem que olhar e assumir suas responsabilidades sobre as circunstâncias que podem acontecer em seus municípios”, disse, após ser questionado pelo apresentador José Eduardo, da Record TV Itapoan de Salvador.

A flexibilização em Porto Seguro começou a valer na terça-feira dia 2 de novembro, no feriado do Dia de Finados, assinada pelo prefeito Jânio Natal (PL).

A prefeitura da cidade de Porto Seguro protagoniza, desde a eleição de Jânio Natal no ano passado, algumas polêmicas relacionadas à pandemia do novo coronavírus. Quando eleito, o político defendeu a distribuição do chamado “kit covid”, que contém medicamentos ineficazes contra a covid-19, e impostos pela a médica e secretaria de saúde Dra. Raíssa Soares, que foi exonerada do cargo no fim do mês de outubro, após a mesma ter sido alvo do ministério público.

O prefeito chegou a nomear a médica Raissa Soares, conhecida como “Doutora Cloroquina”, para a Secretaria da Saúde no início de seu mandato nesse ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.